quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Engolindo camelo


"Certo sábado Jesus estava ensinando numa das sinagogas, e ali estava uma mulher que tinha um espírito que a mantinha doente havia dezoito anos. Ela andava encurvada e de forma alguma podia endireitar-se.
Ao vê-la, Jesus chamou-a à frente e lhe disse: "Mulher, você está livre da sua doença".
Então lhe impôs as mãos; e imediatamente ela se endireitou, e passou a louvar a Deus.
Indignado porque Jesus havia curado no sábado, o dirigente da sinagoga disse ao povo: "Há seis dias em que se deve trabalhar. Venham para ser curados nesses dias, e não no sábado".
O Senhor lhe respondeu: "Hipócritas! Cada um de vocês não desamarra no sábado o seu boi ou jumento do estábulo e o leva dali para dar-lhe água? Então, esta mulher, uma filha de Abraão a quem Satanás mantinha presa por dezoito longos anos, não deveria no dia de sábado ser libertada daquilo que a prendia?"
Tendo dito isso, todos os seus oponentes ficaram envergonhados, mas o povo se alegrava com todas as maravilhas que ele estava fazendo."
Lucas 13: 10-17


Ao ler esses versículos, quem ficou indignada foi eu.
Meo, Jesus curou uma mulher que sofria a 18 anos e o dirigente da sinagoga BANALIZOU o milagre só porque foi num sábado. Pelo amor de Deus...

"Guias cegos! Vocês coam um mosquito e engolem um camelo."
Mateus 23:24

Hoje em dia isso ainda acontece, infelizmente.
Existem pessoas/religiões/doutrinas que mais se importam com o físico do que com o espiritual. Se atentam para detalhes tão pequenos e o principal que é a vida em santidade, comunhão e intimidade com Deus é esquecida.

Deus não quer nossos bens, nossas roupas, Ele não se atenta pra nossa aparência a primeira vista, Ele quer nosso coração, quer nos ver entregando nossa vida em teu altar.
Isso é realmente importante!


Um comentário:

  1. Verdade, as vezes esquecemos o que realmente é importante.

    ResponderExcluir